Terça-feira, 18 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias / CORONAVÍRUS

Sinop encerra UTI para Covid com índices de mortalidade menor que a média nacional

11 Nov 2021 - 08:17

FOLHA360

Sinop encerra UTI para Covid com índices de mortalidade menor que a média nacional

Foto: Divulgação

Mais de 65% dos pacientes com Covid-19 internados em Unidade de terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Sinop (500 km de Cuiabá), nos últimos cinco meses, se recuperaram do vírus. Conforme relatório do banco de dados Epimed, programa de dados sobre UTIs, que analisou números dos meses de maio a outubro de 2021, apontou que a taxa de mortalidade na unidade foi de 33,46%, comparado a uma taxa média nacional de 51,2%.

O relatório da UTI, que foi administrada pela empresa cuiabana, Bone Medicina Especializada, entre maio e outubro deste ano, aponta que foram internados 140 pacientes no período.

A empresa passou a administrar a Unidade de Terapia intensiva do Regional de Sinop em 20 de maio e encerrou os trabalhos em 31 de outubro. Assumiram a gestão dos leitos após dados do início da pandemia apontarem que a taxa de mortalidade do hospital regional era excessivamente alta, se comparada com outras unidades hospitalares do estado; conforme levantamento do Observatório Social de Mato Grosso. Logo no primeiro mês, foram registradas cinco altas em dez dias.

A Bone Medicina Especializada assumiu a operação da UTI com 103 profissionais especializados para trabalhar na unidade. A UTI foi instalada com 10 leitos, ventiladores mecânicos novos, camas, bombas de infusão, entre outros equipamentos, conforme a regulamentação específica.

O diretor da empresa, o médico Alberto Almeida, explicou que foi uma grande operação, pois diante do surto da Covid-19 e com o Hospital Regional lotado de pacientes, a empresa teve 72 horas para abrir 10 leitos de UTI.
“Uma operação muito difícil. Implantar todos os leitos com tamanha urgência para atender uma grande quantidade de pacientes que precisavam de UTI naquela região. Mobilizamos todo material e pessoal necessários para o funcionamento dos leitos dentro do prazo solicitado”, conta.

Os resultados obtidos na UTI em Sinop ajudaram a melhorar a média nacional dos serviços públicos. “Foi realizado um trabalho de excelência, mesmo com a pandemia no auge. É muito gratificante para toda equipe envolvida saber da sua responsabilidade no resultado com os pacientes recuperados e a diminuição dos casos de Covid-19”, finalizou Dr. Alberto Almeida.

Com a diminuição de pacientes internados com Covid-19 no estado, a Secretaria Estadual de saúde encerrou diversos leitos de UTI que ficaram ociosos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet