Terça-feira, 18 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias / Política

Stopa demite 116 servidores após operação que afastou Emanuel

26 Out 2021 - 11:47 - Atualizada em 26 Out 2021 - 11:55

G1MT

Stopa demite 116 servidores após operação que afastou Emanuel

Foto: Luiz Alves | Secom Cuiabá

O prefeito em exercício, José Roberto Stopa (PV), anunciou nesta terça-feira (26) que os 116 servidores temporários da Secretaria Municipal de Saúde envolvidos no esquema que afastou o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) do cargo, devem ser exonerados a partir de sexta-feira (29).

Stopa assumiu a Prefeitura de Cuiabá, na quarta-feira (20), no lugar de Emanuel Pinheiro.

Pinheiro foi afastado da função após investigação de suposta organização criminosa voltada para contratações irregulares de servidores temporários na Secretaria Municipal de Saúde, que, em sua maioria teria sido realizada para atender interesses políticos do prefeito.

A decisão da Justiça foi baseada na delação do ex-secretário Huark, que disse que durante o período de sua gestão, a Secretaria de Saúde de Cuiabá teria contratado 259 servidores temporários para atender interesses políticos do prefeito de Cuiabá e que o próprio Emanuel Pinheiro teria dito ao secretário que as referidas contratações seriam um 'canhão politico' e visavam retribuir ou comprar apoio político.

Segundo Stopa, 143 servidores já haviam sido demitidos antes mesmo do afastamento. A partir de sexta-feira (29), serão feitos os desligamentos dos outros 116 contratos temporários questionados pelo Ministério Público Estadual.

Por causa da investigação, Stopa afirma que definiu que o início da auditoria na folha de pagamento do executivo comece pela pasta da Saúde. A gestão afirma que implementou em março de 2021, processo de recadastramento do servidores.

Será feita a análise dos dados e em caso de constatação de irregularidades o município irá proceder com o desligamento dos servidores.

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet