Terça-feira, 18 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias / Agro360

STF bloqueia contas da Aprosoja e agentes da PF apreendem documentos apurando fraude no Fethab

06 Set 2021 - 15:01 - Atualizada em 06 Set 2021 - 16:42

Folha360

STF bloqueia contas da Aprosoja e agentes da PF apreendem documentos apurando fraude no Fethab

Foto: Folha360

Agentes da Polícia Federal cumpriram nesta segunda-feira (6) mandado de busca e apreensão na sede da Aprosoja, em Cuiabá. Uma farta documentação foi levada pelos policiais, segundo informações apuradas pela reportagem do Folha360. 
 
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou também que as contas da entidade máxima dos sojicultores de Mato Grosso fossem bloqueadas.
  
A suspeita é de que recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), conforme consta na decisão, estejam sendo utilizados para fomentar as manifestações do Feriado da Independência (7 de Setembro) em Brasília, que conta com amplo apoio da entidade. 

As atenções da Polícia Federal recaíram sobre a Aprosoja após o presidente da entidade, em nível nacional, o sojicultor Antonio Galvan, passar a ser investigado por supostamente estimular financeiramente e politicamente manifestações antidemocráticas e inconstitucionais contra o Poder Judiciário e o Congresso Nacional. 

Anteriormente à operação da PF, a gestão da Aprosoja Mato Grosso, sob o comando do produtor Fernando Cadores, se manifestou publicamente negando o financiamento das manifestações em Brasília, contudo declarou apoio aos atos em defesa do governo do presidente Jair Bolsonaro. No Estado, os produtores apoiam a gestão do presidente Bolsonaro. 

FETHAB - Os sojicultores de Mato Grosso contribuem para a formação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), que é prioritariamente utilizado pelo Governo do Estado (por meio da Sinfra) para a construção e a manutenção de rodovias estaduais, muitas delas que garantem o acesso aos municípios produtores de grãos. 

Atualmente Mato Grosso é o Estado que mais produz grãos no Brasil, e é responsável por segurar o saldo da balança comercial brasileira, com ampla exportação dos seus produtos para o mercado internacional, em especial para a China.  
 
Outro lado
 
Em relação à medida judicial cumprida nesta segunda-feira (06.09.2021), na sede da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT), a entidade esclarece que se trata de decisão nos autos do Inquérito 4879/DF que apura a convocação da população, por meio das redes sociais, a praticar atos criminosos e violentos de protesto, às vésperas do feriado de 07.09.2021, durante uma suposta manifestação e greve de “caminhoneiros”.
 
A decisão determinou: 1) o bloqueio de saques das contas bancárias da Aprosoja-MT, até o dia 8.9.2021, quarta-feira; 2) sejam identificados e informados os valores transferidos a partir das contas bancárias dessa entidade para outras entidades ou terceiros, desde o dia 10.8.2021, a partir do patamar mínimo de R$ 10.000,00.
 
Aprosoja-MT e seus dirigentes esclarecem que jamais financiaram, apoiaram, ou convocaram a população para atos criminosos e violentos de protesto, às vésperas do feriado de 07.09.2021, durante uma suposta manifestação e greve de “caminhoneiros”.
 
A entidade preza pelos preceitos legais e constitucionais, e já está disponibilizando toda documentação solicitada, pois é a principal interessada no esclarecimento dos fatos, já que nada tem a esconder da sociedade e principalmente dos seus associados.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet