Terça-feira, 18 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias / Agro360

Trechos das BRs 163 e 364 segue em ‘Pare e Siga’ por conta de obras

22 Jun 2021 - 08:27

Folha360

Trechos das BRs 163 e 364 segue em ‘Pare e Siga’ por conta de obras

Foto: Reprodução | DNIT

A Concessionária Rota do Oeste informa que, às 07h47, desta terça (22), o trânsito segue em ‘Pare e Siga’ por conta de obras nos trechos:
  • Várzea Grande - km 467 da BR-364;
  • Diamantino - km 514 da BR-163; km 547 e km 556
Nos demais trechos da BR-163 e BR-364 o tráfego flui normalmente.
 
Distrito Industrial de Cuiabá
 
Já o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) acelera a obra de pavimentação na BR-163/364/MT, no trecho localizado no Distrito Industrial de Cuiabá. 
 
Os serviços de duplicação da rodovia federal entraram em sua reta final. A Autarquia construiu, nos últimos anos, 42 quilômetros de pavimento em concreto, no lote 3, entre a Serra de São Vicente e o viaduto existente no entroncamento com a Rodovia dos Imigrantes (BR-070/MT), restando apenas 1 quilômetro, com previsão de ser concluído ainda em 2021.
 
A obra de duplicação executada pelo DNIT é importante para melhorar o trânsito de veículos, bem como aumentar o conforto e a segurança aos usuários. 
 
Com 95% dos serviços executados, o empreendimento vai revolucionar a entrada da capital de Mato Grosso.
Estão sendo construídos quatro viadutos modernos e vias marginais que irão separar o trânsito dos veículos leves, que seguem para os bairros, do tráfego de caminhões pesados, responsáveis por escoar a produção do agronegócio.
 
A duplicação também vai reduzir o tempo de viagem, agilizar o transporte de mercadorias e potencializar a economia regional que tem na BR-163/364/MT a sua principal rota de escoamento da produção agrícola de Mato Grosso.
 
Na atualidade, o estado é o maior produtor de soja, de milho e de algodão do Brasil. O trecho é utilizado para o transporte de grãos que seguem rumo aos portos de Santos (SP), de onde as cargas são embarcadas para o mercado internacional.
 
Ao todo, as obras do DNIT são realizadas em uma extensão de 174 quilômetros e estão divididas em três lotes que contam com obras de duplicação e de restauração completa.
 
Rotas alternativas – A Autarquia orienta os motoristas para que redobrem a atenção no trecho em obras. Recentemente o trânsito na região do Distrito sofreu alterações em virtude da continuidade da obra de duplicação.
 
O DNIT já sinalizou todas as rotas alternativas com placas orientando os condutores ao longo dos novos trajetos. A Autarquia orienta para que trafeguem dentro do limite de velocidade permitido e fiquem em alerta para as novas placas de sinalização rodoviária.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet