Segunda-feira, 21 de setembro de 2020
informe o texto

Notícias / Pinga Fogo

Prefeitura descumpre acordo, retém parcelas do Ministério da Saúde e Hospital Geral suspende atendimento

01 Set 2020 - 10:38 - Atualizada em 01 Set 2020 - 10:51

Da Redação

Prefeitura descumpre acordo, retém parcelas do Ministério da Saúde e Hospital Geral suspende atendimento

Foto: Reprodução web

A direção do tradicional Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá emitiu nota à imprensa na qual confirma a suspensão dos atendimentos eletivos aos pacientes do SUS.

A suspensão teria sido motivada, conforme o comunicado, pela falta de repasse dos recursos do Ministério da Saúde referentes aos meses de maio e junho, pela atual gestão do prefeito Emanuel Pinheiro, descumprindo o acordo firmado com a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 

Segundo a direção da unidade, os recursos são essenciais para aquisição de medicamentos e insumos hospitalares. 

Íntegra da nota 

Sobre o compromisso de pagamento dos repasses do Ministério da Saúde ao Hospital Geral pela Prefeitura de Cuiabá, Secretaria Municipal de Saúde.

Conforme compromisso firmado publicamente pela SMS Cuiabá de pagamento da produção dos meses de maio e junho até o dia 04/09/2020, sexta-feira, o Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá informa que manterá os atendimentos eletivos SUSPENSOS até o pagamento dos valores em aberto pela SMS Cuiabá.

Ressaltamos que esta paralisação se deve única e exclusivamente à falta de recursos para aquisição de medicamentos e insumos imprescindíveis à segurança e eficiência do atendimento aos pacientes e, tão logo sejam regularizados os pagamentos em aberto, retornaremos nossas atividades.

Em nome da transparência das nossas ações à sociedade, manteremos os veículos de imprensa informados sobre o cumprimento do compromisso firmado pela Prefeitura de Cuiabá.

Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet