Terça-feira, 7 de abril de 2020
informe o texto

Notícias / CORONAVÍRUS

Taques apoia medidas de Mauro Mendes e detona Bolsonaro: "idiota"

25 Mar 2020 - 10:17 - Atualizada em 25 Mar 2020 - 10:35

Betell Fontes | Da Redação

Taques apoia medidas de Mauro Mendes e detona Bolsonaro:

Foto: Arquivo | Secom-MT

O ex-governador Pedro Taques utilizou as redes sociais para criticar o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, na noite desta terça-feira (24), que pediu para população “volte a normalidade”. O ex-governador citou que a população deve obedecer às recomendações de quem entende, não dos irresponsáveis. 

Na postagem, Taques publicou uma foto de uma profissional da saúde na Itália e ressaltou que não é uma gripezinha. Ainda pediu para que a população continue atender as recomendações do Governo de Mato Grosso. No final da postagem, o ex-gestor alfinetou o presidente. “Os idiotas passarão, nós passarinhos...”.

“Não é uma gripezinha, precisamos obedecer as recomendações de quem entende, não dos irresponsáveis; continuem a atender as recomendações do Governo do nosso Estado, sem pânico, sem medo, com responsabilidade; precisamos pensar na economia, nos empregos, mas o momento é de salvar vidas; fique em casa! Os idiotas passarão, nós passarinhos...”

Após a publicação, centenas de pessoas elogiaram e criticaram o ex-governador. Em uma das respostas, Taques aumentou as críticas. “Não ganhar as eleições não me transformou em um idiota”.

O presidente Jair Bolsonaro fez pronunciamento presidencial em rádio, tv e redes sociais, surpreendendo apoiadores e opositores ao pedir que a população “volte à normalidade”. 

O discurso do presidente contraia todas as recomendações das maiores autoridades de saúde do Mundo. Enquanto em diversos países aumentam as mortes, com a contaminação provocada por contato humano, o presidente do Brasil pede a volta da população ao trabalho, a escola e às atividades sociais.
 
Lembramos que, por não existir uma vacina contra o coronavírus (covid-19), apenas o isolamento social tem sido, segundo as autoridades de saúde,  uma maneira eficaz de bloquear o aumento do número de pessoas doentes e, por conseqüência, a redução das mortes. Até 24 de março de 2020, o Brasil acumula 2.201 casos confirmados, com 47 mortos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Imagens de profissionais da saúde na Itália: isso é real!, não é uma gripinha, precisamos obedecer as recomendações de quem entende, não dos irresponsáveis; continuem a atender as recomendações do Governo do nosso Estado, sem pânico, sem medo, com responsabilidade; precisamos pensar na economia, nos empregos, MAS o momento é de SALVAR VIDAS; FIQUE EM CASA! Os Idiotas passarão, nós passarinhos...

Uma publicação compartilhada por Pedro Taques (@pedrotaques) em

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Claudio Carvalho 03 Abr 2020 - 09:29

    Quem é Taques, aquele da granpolandia, envolvido até o pescoço com rolos??? Que saio desmoralizado e perdeu a eleição vergonhosamente... Não tem competência para ser presidente, mas para criticar sim, quanta arrogância de quem nunca fez nada pelo MT e muito menos pelo país.

 
Sitevip Internet