Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
informe o texto

Notícias / Pinga Fogo

CPI da Energisa! Luz cara irrita população e deputados atacam concessionária

Maioria dos deputados manifestou apoio à CPI da Energisa que faz mea-culpa publicamente.

15 Out 2019 - 10:35 - Atualizada em 15 Out 2019 - 14:51

Da Redação

CPI da Energisa! Luz cara irrita população e deputados atacam concessionária

Foto: ALMT

O mês de setembro foi o ápice de uma alta absurda no valor da energia elétrica cobrada da população de Mato Grosso. A concessionária pegou carona na estiagem para justificar a alta.

Agora o mês de outubro será decisivo para abertura da CPI da Energisa S/A, que já conta com parecer favorável da Procuradoria da Assembleia Legislativa (ALMT) e apoio dos deputados.  

Nos últimos meses aumentou a pressão sobre os deputados estaduais em relação aos lucros exorbitantes da Energisa, em detrimento da péssima prestação de serviço e da alta do valor dos boletos. Sem condições, muitos trabalhadores alegaram que sofreram cortes de energia e que tiveram muitas dificuldades para pagar a conta de luz. 

LEIA TAMBÉM Ager multa Energisa em R$ 13 milhões por não registrar reclamações de clientes

Com base em denúncias de sindicatos e da população, os deputados decidiram agir e avançaram com a CPI da Energia. Nesta terça-feira (15) foi realizada uma audiência pública superlotada no plenário da assembleia para discutir o assunto.

O diretor presidente da Energisa Riberto José Barbanera teve que ouvir muitas críticas durante a audiência. "Não venha vir tratar o povo de Mato Grosso como submisso. Respeite o povo de Mato Grosso", afirmou o presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM), um dos líderes deste movimento para rever a atuação da Energia no Estado, em sua fala direcionada diretamente ao presidente da concessionária.  

A maioria dos deputados manifestou apoio público à CPI, e ao que tudo indica a concessionária que opera em Mato Grosso terá muitas explicações para dar sobre a sua prestação de serviço, altos lucros e o envio de contas cada vez mais caras para os trabalhadores do Estado.

Em seu discurso, que chegou a ser interrompido por vaias, o presidente da Energisa fez um mea-culpa publicamente. "A principal falha nossa é não levar todo o esclarecimento possível à sociedade, aos parlamentares”, admitiu, em sua apresentação técnica sobre a composição dos preços.

A Energisa opera há 114 anos no setor elétrico, e é o 5º maior grupo de distribuição de energia do mundo. Em Mato Grosso, atendem 1,4 milhão de clientes. 

"Nós temos problemas, sim, no fornecimento de energia elétrica", confessou o presidente, ao falar sobre a atuação da Energisa no Estado de Mato Grosso. “São mais de 300 mil clientes que nós não chegamos aonde temos que chegar”.

O presidente da CPI, deputado e policial militar Elizeu Nascimento (DC) não descarta discutir o possível rompimento do contrato da Energisa.

A população tem cada vez mais exigido seus direitos, e levado essas arbitrariedades para Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Procon e demais autoridades para que medidas sejam tomadas de forma urgente.

O deputado Elizeu Nascimento, em justificativa para a abertura da CPI, argumenta que o pedido teve como base um abaixo-assinado que reuniu 10 mil assinaturas de consumidores que estão revoltados com o alto preço da tarifa e o péssimo atendimento da Energisa S/A.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Walmor 17 Out 2019 - 20:19

    Minha energia de venho pagando caro a muito tempo agora não sei o que fazer não tenho dinheiro pra conta de luz vou ficar no escuro

  • Keilla Balbino 16 Out 2019 - 06:15

    Inexplicável, média de R$ 800,00 ir pra R$ 1.700,00. Foi o que ocorreu em casa, sendo que o consumo diminuiu, utilizando praticamente nada do chuveiro elétrico, menos ferro elétrico, reduzi o uso da máquina de lavar de 3x pra 1 x por semana. Inadmissível.

  • Helena Rodrigues Rangel 15 Out 2019 - 23:46

    Minha conta tem alimentado de forma absurda.de 200,passou a 300,depois 400,500,agora passou de 600 Este mês de setembro...o consumo continua igual....não tem lógica.

  • Aparecida de Fátima Simão Gouveia De Moraes 15 Out 2019 - 17:17

    A Energisa está passando dos limites minha energia de 237 foi pra 578 um absurdo,o salário não teve reajuste sem RGA e tudo subiu o funcionários públicos do executivo vão ficar com o salário defasados

  • Joaquim Bezerra 15 Out 2019 - 15:44

    É a única empresa que em vez de facilitar pro usuários eles só dificultam o máximo que eles podem.

  • Elisângela 15 Out 2019 - 13:44

    A conta aqui de casa era no máximo 120,00 agora veio uma conta de quase 600,00

  • DENISE GARCIA 15 Out 2019 - 13:06

    Duas pessoas numa casa. E energia de qse 900 reais

 
Sitevip Internet